Ganhar eficiência e diferenciar-se

No setor do vestuário e têxtil “a tendência de avanço dos importados não deverá ser revertida em quanto a indústria nacional não ganhar eficiência e produzir itens com diferencial”, afirma o diretor do IEMI – Inteligência de Mercado, Marcelo Villin Prado. (DCI/SP/02-12-2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.