Europa, na OMC, contesta o Brasil por inúmeras violações

Com cerca de 3 mil páginas, a União Europeia apresentou sérias contestações ao juízes da OMC à política industrial brasileira e em cujo processo são anotados inúmeras violações, tais como: discriminação à produtos estrangeiros, uso de subsídios vinculados à exportação e  à conteúdo local além de programas que beneficiam os setores automotivos, eletrônicos e de máquinas de uso profissional ou industrial. Agora, ao Brasil restará reduzir o tamanho do estrago diante dos juízes, já que vários programas no ministério da Fazenda no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, deixaram brechas para contestação. (Valor/16-07-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.