“Espremer menos o limão”

O jornal Valor, de hoje traz entrevista do engenheiro Harry Schmelzer, há nove anos presidente  da empresa catarinense Weg e há 36 anos na mesma, onde aqui e ali vai pontuando como: “A esperança ainda existe”… “O País tem uma indústria extremamente ociosa”. Perguntado acerca se a Lava-Jato serviu como processo de depuração, responde: “Ainda não. Mas o País vai mudar para a melhor… tem que mudar… vai ter que mudar”. Em outro tópico, ressalta que o País não pode contar apenas com os índices de crescimento do PIB previsto para este ano e para 2018. “É muito pouco”…”Também não adianta espremer demais o limão”. Com sede em Jaraguá do Sul, a Weg tem fábricas em outros 12 países e emprega hoje 29,1 mil pessoas à nível mundial das quais 20,2 no Brasil. Aqui, demitiu 2.339 pessoas (10% de seu efetivo no País). (Valor/27-04-2017)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.