Esperam reverter

Um dos setores que mais demitiu em 2014 foi o têxtil -20.774 (CAGED-MTE). Segundo a Abit, o setor nas exportações, projeta reverter a queda de -6,7%, registrado em 2014 e faturar mais 2,7% em 2015, aproveitando o dólar médio a R$ 2,70. Para o mercado interno, essa entidade espera crescer 0,4% sobre 2014. Outro setor que entre as indústrias de transformação realizaram fortes demissões foi o calçadista com -18.029 (CAGED-MTE), da mesma forma vê nas exportações deste ano, possível recuperação junto ao mercado externo. Entre eles estão Piccadilly e West Coast. Porém, estes 2 setores como outros neste 2015, segundo a diretora comercial da Cativa Têxtil de Pomerode (SC), Catia Sprung, “aos desafios antigos (regime tributário de pouca competitividade e falta de acordos comerciais) deverão somar-se outros graves problemas como o aumento do custo de energia, dos juros para investimentos e risco de faltar água”. (Valor/26-01-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.