Dólar baixo reduz exportação de calçados

As calçadistas deverão ter menor fôlego para manter o recente ritmo de produção embalado pelo aumento das exportações no final de 2016. “A expectativa no ano passado era mais otimista para as exportações… Mas o quadro mudou radicalmente com a desvalorização do dólar”, afirmou o presidente executivo da Abicalçados, Heitor Klein. O dólar em janeiro do ano passado era R$ 4,05, no primeiro trimestre o dólar ficou na média de R$ 3,13. Para o diretor do IEMI – Inteligência de Mercado, Marcelo Villin Prado, o atual patamar de câmbio ainda permite competitividade no mercado externo, além de destacar: “M, o Brasil ainda tem um problema de acesso a outros mercados, porque como temos muita proteção contra o mercado importado aqui, também enfrentamos barreiras ao tentar entrar em outros países”. Mas ambos, concordam que para as calçadistas brasileiras ganharem market share internacionais será necessário elevar os aportes em inovação e ganho de produtividade no setor. (DCI/03-04-2017)

Dollarphotoclub_43652306

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.