Dificultando a vida do importador

A perda de grau de investimento pelo Brasil piorou a vida dos importadores. Fornecedores no exterior, reduziram os prazos para pagamentos ou passaram a exigir compras à vista, afirma José Augusto de Castro, presidente da AEB. Por sua vez, Flávio Antônio Paiva, secretário geral da ABMEI, conta que os exportadores do exterior de bens de capital passaram a pedir adiantamento maiores (antes se exigia em média 10%, agora, chegam a pedir 30% do valor da importação). (Valor/09-05-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.