Destaques em Davos

Ontem, em Davos, foi motivo de otimismo, numa sessão do Fórum Econômico Mundial. Foram citadas como um dos sinais de avanço institucional de uma região (America do Sul), as investigações sobre corrupção, no Brasil, realizadas pela Lava-Jato. O procurador-geral da republica, Rodrigo Janot, sentado na platéia foi convidado pelo coordenador do encontro, o professor Ricardo Hansmann, de Havard (EUA), para falar deste caso brasileiro. Outro sinal positivo foi o presidente do Paraguai (cresceu 4% em 2016 e deverá repetir o feito neste ano), Horácio Cortez, que presente ao evento, frisou em seu discurso, “Não há milagre… Há mais transparência. Hoje qualquer um pode saber quanto ganha um agente publico”. (Estadão/19-01-2017)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviço


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.