Depois dos relógios, a moda

A empresa Seculus, com 65 anos de atividade, de Minas Gerais, da família Azevedo, iniciou estratégia mercadológica no sentido de participar do mercado de acessórios como bolsas e semijoias, além dos seus relógios Speedo, Guess, Puma e Cássio. Para este ano, prevê faturamento igual a 2014, ou seja R$ 280 milhões. Segundo estimativa da SUFRAMA, em Manaus (AM), a produção de relógios, no semestre passado, teria alcançado o volume de 4.732.506 unidades com o valor de R$ 198,5 milhões. Deste volume mencionado a Seculus teria participado com cerca de 2,5 milhões de unidades. (Valor/04-09-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.