CSN tem lucro, receita menor endividamento menor

Contrariando expectativas de analistas do setor, a siderúrgica CSN apresentou, ontem, os resultados do seu primeiros primeiro trimestre, deste ano, com lucro liquido de R$ 392 milhões, 7 vezes maior que obtido no primeiro trimestre de 2014 (R$ 55,3 milhões). Mas, no mesmo período a receita caiu 8% (R$ 4,01 bilhões) e seu endividamento liquido subiu 27% sobre igual período de 2014 atingindo agora R$ 19,98 bilhões. Ontem, também, o CADE arquivou o caso da CSN em recurso contra a Usiminas, da qual em 2011, por R$ 5,1 bilhões, adquiriu o capital votante pertencente aos grupos Votorantim e Camargo Correa. (Estadão/07-05-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.