Crise, promoção e falta de produto

Fenômeno que costuma ocorrer em tempo de crise, começa a acontecer especialmente em centros de abastecimentos. Para atrair clientes fazem-se promoções do tipo leve 3 e pague 2, para não perder clientes, os estabelecimentos procuram negociações cuja os preços permitirão suportar as promoções. E enquanto as partes não chegam a um acordo as prateleiras ficam desabastecidas e o consumidor não encontra o produto. Segundo consultoria especializada, nesta área, o índice de ruptura (a falta de produtos nas gôndolas) em julho, chegou a 12,6% ante os 9,7% em junho. (Valor/24-09-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.