Consumidor de vestuário muda hábitos, diante da crise

O IEMI – Inteligência de Mercado, em pesquisa recente, através da internet e com 1.575 respondentes, colheu novas formulações de compras por parte dos consumidores de vestuário. Matéria publicada pelo jornal Valor, de hoje, mostra detalhes e fatores novos indicando que o consumidor foge da compra por impulso e busca roupas clássicas.

De acordo com o estudo, o consumo de peças de vestuário baixou de 6,5 bilhões em 2014 – antes da crise consolidar-se – para 5,8 bilhões no ano passado, o que representou uma queda de 10,8%.

O valor gasto por compra cresceu 26%, passando de uma média de R$ 237 para R$ 299. “Esse aumento aconteceu porque os consumidores de baixa renda reduziram muito as compras, enquanto os de alta renda mantiveram o nível. Proporcionalmente, as classes A e B tiveram uma participação maior no consumo nos últimos dois anos”, disse Marcelo Prado, diretor do IEMI.

Link para a matéria: http://www.valor.com.br/empresas/4940590/consumidor-foge-da-compra-por-impulso-e-busca-roupas-classicas (Tendência & Consumo/ Valor/ 18-04-2017)

Acesse o Estudo.

Dollarphotoclub_70582466

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.