Comprador de vestuário, muda comportamento

A cada dois anos, o IEMI – Inteligência de Mercado, realiza pesquisa junto aos consumidores de vestuário. Neste mês de março, analisou a última compra de 1.575 consumidores de ambos os sexos, na faixa etária a partir de 18 anos e todas as classes sociais (A, B, C e D/E). Em prévia do conteúdo ainda a ser divulgado oficialmente, em relação à pesquisa anterior (dezembro/2014) que naquele ano pela internet as compras foram da ordem de cerca de 10%. Até março (2017) atingiram 14%. Um dos canais de venda que teve sensível aumento nesta relação foi os das lojas de departamento. Em 2014 as compras realizadas neste canal de venda representaram 24% e em 2017 chegaram a 34%. Em termos de estilo em 2014 os pesquisados informaram que a preferência foi pelos produtos básicos na ordem de 36%. Entre os respondentes de 2017, os básicos recuaram para 30%, entre os clássicos houve queda para 14% e para o estilo diferente houve alta para 15% (em 2014 foi de 10%). Saiba mais.

Dollarphotoclub_70582466

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.