A China é estratégica

Em entrevista ao jornal A Notícia, de Joinville (SC), Giuliano Donini da Marisol, foi categórico em suas afirmações: “O governo esquece o setor têxtil”, “Somos reféns das commodities”. Sobre a China, foi muito claro: “Não vejo a China como protecionista. Vejo a China como estrategista que estabelece ciclos planejados de desenvolvimento, focados nos seus interesses e nos interesses de sua população. Em vez de lamentarmos e tentarmos criar barreiras protecionistas, precisamos ser mais competitivos, tanto para o foco do mercado interno, quanto em exportações. Vejo o protecionismo como algo que engessa a competitividade e a criatividade”. (A Notícia – 05/10/2013)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.