China e seu consumo de calçados

De acordo com Letícia Sperb Masselli, coordenadora de promoção da Abicalçados, o ingresso no mercado chinês de calçados exige altíssimos investimentos e para tanto é necessários um engajamento das marcas dos principais pólos calçadistas brasileiros além de complementar “é um mercado difícil mas que certamente valerá o esforço”. Com 1,4 bilhão de habitantes consumiu em 2016 cerca de 4 bilhões de pares. Em 2017, esse país asiático comprou calçados do Brasil, no valor aproximado US$ 10 milhões. Possui o mesmo perto de 700 milhões de compradores ativos no e-commerce. (Abinforma/Setembro-Janeiro/2018)

Dollarphotoclub_87737531

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.