Calçados por camarões

No dia 27 de dezembro, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, decidiu liberar a importação de camarões do Equador, permitindo assim a que atitude retaliatória desde julho de 2017 por parte do governo daquele país que desde então criou inúmeras dificuldades para a entrada do calçado brasileiro à aquela nação. Naquele momento, o governo brasileiro proibiu a entrada do camarão equatoriano por questão de contaminação não corroborado pelo ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil. Segundo a Abicalçados esta medida teria causado uma perda estima da ordem de R$ 20 milhões. (Abinforma/Janeiro/2019)

Dollarphotoclub_49865843

(Imagem meramente ilustrativa)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.