Buscar novos mercados é o desafio do setor Têxtil

Segundo o sócio-diretor do IEMI – Instituto de Estudos de Marketing Industrial (@IEMIpesquisas), Marcelo Prado (@MarceloVPrado). A projeção é que em 2020 o Brasil importe cerca de 20% de seu consumo em vestuário e acessórios. O aumento das importações vindas majoritariamente da Ásia, o aumento da inadimplência e outros fatores, desaquecem o mercado têxtil e os produtores para superar as dificuldades da economia devem agir de forma estratégica e tentar buscar novos mercados. (Jornal do Commercio – Recife/PE – 24-08-2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.