Brasil Têxtil – Promovendo o setor, estimulando o conhecimento e ajudando as empresas e profissionais da área

O Relatório Setorial da Indústria Têxtil Brasileira, Brasil Têxtil, é uma iniciativa do IEMI – Inteligência de Mercado e seus apoiadores – ABIT e Senai CETIQT, além dos seus patrocinadores, em promover institucionalmente o setor têxtil e confeccionista brasileiro junto aos países parceiros. Estimular o conhecimento e facilitar o planejamento estratégico das empresas. E ajudar na formação de profissionais, doutores e mestres nas áreas têxteis e confeccionistas no Brasil.

Em 2019, o Brasil Têxtil atingiu a sua 19ª edição, contendo importantes informações estatísticas dos principais elos que compõem a cadeia produtiva têxtil nacional. O relatório abrange os grandes elos da produção, como fiação, tecelagem, malharia, beneficiamento, não tecidos e confecção, aqui incluídos os segmentos de vestuário, meias e acessórios, artigos têxteis para o lar e artigos técnico-industriais.

Os principais números da cadeia são expostos e analisados por meio de dados referentes à sua estrutura produtiva, quantidade de unidades produtivas e pessoal ocupado nos diferentes elos. A produção é expressada em volume e valores e discriminada por região. Também são apresentados números referentes à natureza das fibras, aos investimentos, ao consumo das matérias-primas, ao parque de máquinas instalado, ao comportamento do comércio externo e outros diversos dados que são relevantes ao setor.

Capa-book-IEMI-Brasil-Têxtil-2019

São analisados não só os dados da cadeia têxtil nacional, mas também o comportamento do setor no mundo, elencando os motivos da composição atual. A análise é realizada por meio de dados que permitam o exame do consumo mundial do segmento de fibras e filamentos e, especialmente, do comércio externo de têxteis e vestuário. O posicionamento do Brasil nessa conjuntura internacional também é apresentado e analisado, de forma que seja possível a compreensão da inserção da cadeia têxtil nacional no cenário mundial.

Há um capítulo especial intitulado “Empresas do Setor”, onde estão elencadas as 644 organizações que participam ativamente da cadeia têxtil brasileira. Todas estão compiladas de acordo com seu principal segmento de atuação, detalhadas com relação às suas respectivas razões sociais, dirigentes, endereços eletrônicos, produtos fabricados e matérias-primas consumidas, dentre outras informações.

Por ora o relatório está disponível apenas em versão física (impressa) e é entregue aos participantes do mesmo e alguns dos seus relacionados. Porém o Brasil Têxtil está acessível a qualquer um que tenha interesse, bastando entrar em contato com IEMI – Inteligência de Mercado. Para acadêmicos – estudantes universitários, professores e bibliotecas é possível adquiri-lo por um valor diferenciado.

A cadeia têxtil produziu, em 2018, aproximadamente R$ 177 bilhões, o que é equivalente a 7% do valor total da produção da indústria brasileira de transformação, aí excluídas as indústrias de extração mineral e a atividade de construção civil. Esse número é muito expressivo, tendo em vista a diversidade de produtos que a indústria de transformação produz internamente, como produtos duráveis (ex.: veículos) e linha branca (geladeiras, etc.), que contam com alto valor agregado.

Os empregos gerados pela cadeia têxtil somaram 1,5 milhão de postos de trabalho em 2018, ou o equivalente a 18,5% do total de trabalhadores alocados na produção industrial nesse ano, quase um quarto da mão de obra empregada na indústria de transformação. Esse número só reforça a importância do setor para a economia em geral, com uma parcela alta no emprego, sendo uma das maiores empregadoras do país. Saiba mais.

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.