Brasil e China reforçam parceria

Hoje, chega à Brasília, o primeiro ministro chinês Li Keqiang, acompanhando de 150 empresários. Depois de 40 anos de relacionamento diplomático, Brasil e China, deverão reforçar ainda mais suas parcerias, após a China tornar-se o maior parceiro do País. Neste ano, já foram movimentados nada menos que US$ 21 bilhões entre importações e exportações, com superávit de US$ 2.5 bilhões favoráveis à Pequim. Em 2014, esta movimentação chegou a US$ 90 bilhões. (Valor/19-05-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.