Canais do Varejo de Móveis 2017

Assista o Vídeo

Por: R$ 8.900,00

Loading Atualizando carrinho...
Conheça a condição especial para Clientes Assinantes

Descrição

A quem se destina

Empresários, investidores e gestores de empresas produtoras, redes varejistas e administradoras de marcas de móveis no Brasil.

Conteúdo

A pesquisa apresentará um dimensionamento do varejo de móveis no Brasil e analisará comparativamente a importância relativa e o desempenho dos seus principais canais de venda. O estudo aborda diferenças regionais, linhas de produtos comercializadas e sua origem, modelos, perfil das empresas atuantes por canal, mão de obra ocupada, pontos de venda e curva de preços, assim como principais players atuantes no mercado.

Formato

Resultados compilados em um único relatório fornecido em material impresso, contendo gráficos e tabelas coloridas, análises e comentários sobre a evolução e as tendências do varejo de móveis brasileiro.

Fontes

Foram pesquisadas as empresas varejistas que comercializam móveis em geral. Fazem parte da amostra os principais canais de varejo, incluindo lojas especializadas em móveis, mono e multimarcas, lojas de departamento e hipermercados que comercializam esse tipo de produto.

Suporte

O IEMI oferece todo o suporte necessário ao esclarecimento de dúvidas sobre os resultados apresentados, fontes e critérios utilizados nas análises e projeções do estudo.

Índice

INTRODUÇÃO

NOTAS METODOLÓGICAS

1. Objetivos
2. Fontes
3. Estatísticas e análises
4. Apresentação
5. Notas importantes
6. Reprodução

CONSUMO APARENTE DE MÓVEIS NO BRASIL

PERFIL DO MERCADO

1. Consumo de móveis e participação dos importados
1.1. Consumo aparente em volume (em 1.000 peças)
1.2. Consumo de móveis por domicílio (em peças/domicílio)
1.3. Consumo aparente em valores (em US$ 1.000)
1.4. Consumo aparente em valores (em R$ 1.000)
2. Tendências evolutivas do consumo de móveis para 2017
2.1. Resultados projetados em volume (em 1.000 peças)
2.2. Resultados projetados em valores (em R$ 1.000)
2.3. Resultados projetados em valores (em US$ 1.000)
3. Origem das importações brasileiras de móveis
3.1. Principais países de origem das imp. brasil. de móveis e colchões (US$ 1.000)

PÚBLICO CONSUMIDOR E DEMANDA DE MÓVEIS E COLCHÕES NO BRASIL

4. Perfil demográfico
4.1. População brasileira residente (1.000 habitantes)
4.2. População brasileira por gênero e faixa etária (1.000 habitantes)
4.2.1. População masculina por faixa etária
4.2.2. População feminina por faixa etária
5. Renda per capita
5.1. Evolução do número de habitantes e da renda no Brasil
6. Poder de compra
6.1. População brasileira por poder de compra (% sobre habitantes)
7. Consumo de móveis e colchões por região e unidade federativa
8. Consumo residente de móveis e colchões nas principais cidades Brasileiras
9. Consumo de móveis e colchões por habitante em valores

O VAREJO DE MÓVEIS NO BRASIL

O MERCADO

1. Evolução do volume destinado ao varejo
2. Canais de distribuição do varejo de móveis
2.1. Canais de distribuição do varejo em volume (peças)
2.2. Canais de distribuição do varejo em volume (%)
2.3. Canais de distribuição do varejo em valores (em milhões de R$)
2.4. Canais de distribuição do varejo em valores (%)
2.4. Preços médios nos diferentes canais (R$/peça)
3. Linhas de móveis comercializadas no varejo
3.1. Linhas de móveis comercializadas no varejo (em volume)
3.2. Linhas de móveis comercializadas no varejo (em valores)
3.3. Preços médios das linhas de móveis comercializadas no varejo (R$/peça)
4. Tendências evolutivas do varejo de móveis para 2017
4.1. Resultados projetados
5. Pontos de venda de móveis no Brasil
5.1. Pontos de venda de móveis por região, UF e porte das lojas
6. Mão de obra empregada
7. Concentração dos pontos de venda por porte de município
8. Localização dos pontos de venda especializados em móveis
8.1. Pontos de venda de móveis

DESCRIÇÃO DOS CANAIS DE VAREJO

CARACTERÍSTICAS DOS CANAIS

1. Classificação dos canais

REDES DE LOJAS ESPECIALIZADAS

2. Perfil das lojas
3. Principais linhas de produtos comercializadas
3.1. Móveis para dormitório
3.2. Móveis para sala de estar
3.3. Móveis para sala de jantar
3.4. Móveis para cozinha
3.5. Móveis para escritório
3.6. Móveis estofados
3.7. Colchões

LOJAS INDEPENDENTES ESPECIALIZADAS

4. Perfil das lojas
5. Principais linhas de produtos comercializadas
5.1. Móveis para dormitório
5.2. Móveis estofados
5.3. Móveis para sala de jantar
5.4. Móveis para sala de estar
5.5. Móveis para cozinha
5.6. Móveis para escritório
5.7. Colchões

PLANEJADOS

6. Perfil das lojas
7. Principais linhas de produtos comercializadas

DEPARTAMENTO

8. Perfil das lojas
9. Principais linhas de produtos comercializadas
9.1. Móveis para dormitório
9.2. Colchões
9.3. Móveis estofados
9.4. Móveis para sala de estar
9.5. Móveis para sala de jantar
9.6. Móveis para escritório
9.7. Móveis para cozinha

HIPERMERCADO

10. Perfil das lojas
11. Principais linhas de produtos comercializadas
11.1. Móveis para dormitório
11.2. Móveis estofados
11.3. Móveis para sala de estar
11.4. Móveis para escritório
11.5. Móveis para cozinha
11.6. Móveis para sala de jantar
11.7. Colchões

HOME CENTERS

12. Perfil das lojas
13. Principais linhas de produtos comercializadas
13.1. Móveis para cozinha
13.2. Móveis para escritório
13.3. Móveis para dormitório

CURVA DE PREÇOS

MÉDIAS DE PREÇOS POR LINHA E MIX DE PRODUTOS

1. Linha de colchões
2. Móveis para cozinha
3. Móveis para dormitório
4. Móveis estofados
5. Móveis para escritório
6. Móveis para sala de estar
7. Móveis para sala de jantar

CURVA DE PREÇOS POR LINHAS DE PRODUTOS E CANAIS DE VAREJO

8. Linhas de produtos
9. Colchões
10. Móveis para cozinha
11. Móveis para dormitório
12. Móveis estofados
13. Móveis para escritório
14. Móveis para sala de estar
15. Móveis para sala de jantar

OS PRINCIPAIS PLAYERS (REDES)

CANAIS DE VAREJO

1. Redes de lojas especializadas
2. Redes de planejados
3. Lojas de departamento
4. Home centers
5. Hipermercados
6. Colchões

Mercado

O IEMI disponibiliza conteúdo exclusivo sobre este estudo apenas para usuários cadastrados. Efetue login ou cadastre-se para acessá-lo.