As meninas da Piccadilly

As novas gestoras da Piccadilly, que assumiram em janeiro deste ano, são conhecidas no setor calçadista do Sul, como as meninas da Piccadilly. Camila e Ana Carolina Grings, respectivamente, presidente e vice-presidente, operam um gestão compartilhada que, desde setembro de 2015 estruturou um conselho de administração com dois membros externos. Esta empresa, 100% familiar que começou com o avô destas novas gestoras, Almiro Grings, quando então produzia 12 pares/dias, agora possui 6 acionistas da segunda geração, 17 da terceira e 14 da quarta. Até 2012 todos os acionistas eram diretores. Hoje produz 50 mil pares, diariamente, com 4 mil colaboradores, 30 lojas em 9 países e atende milhares de pontos de vendas multimarcas espalhados pelo Brasil. Em 2015, faturou R$ 350 milhões. (Estadão/29-04-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.