Arroz e feijão com ICMS zero

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, enviou ontem à Assembleia Legislativa do Estado, medidas alterando a cobrança de algumas alíquota do ICMS no Estado de São Paulo:  para o arroz e feijão, a alíquota de 7% passará a ser zero. Tal redução será compensada com o aumento de 18% para 23% na cerveja, no cigarro de 25% para 30%, além de um adicional de 2% para esses produtos. Tal adicional de 2% (cervejas e cigarros), irão compor o Fundo de Pobreza com estimativa de uma arrecadação anual de R$ 1 bilhão. A alíquota zero entrará em vigor em janeiro de 2016, mas os aumentos previstos deverão ser apreciados pelo plenário da Assembleia. (Estadão/28-10-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.