Argentina e os calçados brasileiros

O presidente da Abicalçados, Heitor Klein, em relação à Argentina, prevê para 2014 o pior desempenho de vendas, desde 2002. Neste ano, a estimativa do mesmo, é de chegar aos R$ 50 milhões. Em 2013 cravou R$ 118,9 milhões. Dos 10 maiores países compradores, apenas EUA, Angola e Colômbia elevaram suas importações no primeiro semestre. O polo calçadista de Franca (SP), que pulveriza suas exportações para 89 países, teve na Argentina de hoje apenas 0,4% das mencionadas vendas. Para Arezzo, cujas exportações chegaram a 5%, junto ao mercado portenho as mesmas são irresórias . (Valor – 04/08/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.