Aqui, bens manufaturados perdem competitividade

Estudo do Boston Consulting Group mostra que a indústria no Brasil sofreu perda substancial de competitividade nos últimos 10 anos. Os salários mais que dobraram (na última década), câmbio teve valorização de 20% em relação ao dólar, a produtividade cresceu apenas 3%, o custo industrial de eletricidade subiu 90% e o de gás natural, cerca de 60%. Nesse estudo, o Brasil aparece como um dos países sob pressão ao lado da China, Rússia, Polônia e República Tcheca, enquanto EUA e México são classificados como estrelas ascendentes. Na relação EUA x China para produzir manufaturados, em 2004 era mais barato, fazer na China, na base de 14%. Hoje a diferença é de apenas 4%. Na China, em 10 anos os custos trabalhistas aumentaram 187%, o gás natural subiu 138% e a energia elétrica 66%. Por ora, produzir no México, manufaturados é mais barato 9% do que nos EUA. (Valor – 29/04/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.