Além do “abuse e use”

C&A sentindo a aproximação da Renner e Riachuelo cria novas situações para não perder a liderança. Para tanto, entre outras estratégias, traz marcas de estilistas famosos para suas prateleiras. Em 2013 lançou 13 coleções nesse nível. Para este ano, já em abril lançará produtos da Calvin Klein. Em valor de faturamento, que não revela, é muito provável que a Renner com seus R$ 3,9 bilhões de 2013, deva estar bem próxima da holandesa C&A, na avaliação de analistas. Segundo seu vice-presidente comercial, Paulo Correa, “mais da metade dos clientes que foram à C&A para adquirir coleções assinadas, retornaram em outras ocasiões, para comprar outras peças”. (Estadão – 17/03/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.