Abrirá 12 lojas, cortará gastos, renegociará alugueis e prevê crescer 11%

Ao invés de 20 lojas novas em 2015, Kalunga revê planos, desacelera, corta gastos, renegocia alugueis, se ajusta para abrir, neste ano, apenas 12 novas unidades e 15 em 2016 quando espera atingir receita de R$ 2 bilhões, anteriormente prevista como factível ainda neste ano. Com atuais 143 lojas (em média com 20 funcionários cada) seu presidente, Roberto Garcia, acredita que haverá novo cenário apenas em 2017. Para este ano, espera crescer 11%, atingir R$ 1,950 bi e implantar a Kalunga Copy & Print, espécie de gráfica rápida atuando nos seus pontos de venda. (Valor/13-10-2015)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.