Abril em recuperação judicial

O Grupo Abril, entrou ontem com pedido de recuperação judicial em São Paulo, cujo débito é de R$ 1,6 bilhão e que segundo seu atual presidente Marcos Haaland – “Recuperação judicial não é estratégia, é defesa”. Em 2017 sua receita caiu para R$ 1 bilhão frente a R$ 1,400 bilhão de 2016. Em 2015 vendeu à gestora de recursos Tarpon, seu braço mais lucrativo – Abril Educação que passou a ser Somos Educação. (Da Mídia/16-08-2018)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.