Abit revê estimativa

A entidade Abit, que congrega os têxteis e confeccionistas do País, segundo seu presidente, Fernando V. Pimentel, revê a estimativa do setor para este ano de 2018, que era de crescimento da ordem de 5%, em seu volume a ser produzido, agora está em 4,3%. Além de outros fatores, Pimentel, pontua que: “Há um vertiginoso aumento das importações do vestuário que destrói a nossa cadeia de produção”. Além disso, ainda segundo Pimentel: “Abril não foi um bom mês para o setor, nem em termos de importação (em volume a alta foi de 15,6%) nem em vendas”. Em termos de tendência, Pimentel explicita: “Reversão da tendência de queda vai depender das temperaturas, mais frias, daqui para frente, e das boas vendas no Dia das Mães. (Empresas/Valor/07-05-2018)

1975

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.