A vez do plus size

No final deste mês a varejista Riachuelo (RCHLO), aproveitando o Dia das Mães, lançará campanha, na qual, os comerciais terão entre as modelos esbeltas, uma acima do peso normal, a qual se alinha ao que se convencionou como “plus size”. De acordo com o IEMI – Inteligência de Mercado, que monitora o setor de vestuários em todas as suas nuances. Em 2016, enquanto a produção total nacional de peças de vestuário chegou a 2,9 bilhões (não incluídas nesta produção; moda infantil, praia, esportiva, profissional, assim como meias e acessórios). Representando queda de 7,3% sobre 2013 (produzidas 3,1 bilhões de peças), o volume de peças plus size cresceu 14,3% no período de 2013 a 2016, alterando-se de 42 milhões em 2013 para 48 milhões, no ano passado. A professora do curso de moda plus size do Centro Universitário Belas Artes, Aliana Aires, previne que na área de comunicação quanto ao trato desse assunto, “sem um discurso muito coerente qualquer momento pode ser perigoso”. (Marketing/Tendência/ Revista Exame/ 12/04-2017)

Dollarphotoclub_56855999

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.