A Leader não será recomprada

A família Gouvea, fundadora da varejista Leader, do Rio de Janeiro, hoje sobre controle do BGT Pactual, desistiu de recompra-la após avaliação das condições financeiras da mesma. Apenas no segundo semestre de 2015, o BTG injetou, neste rede, nada menos que R$ 150 milhões para pagar juros bancários e fornecedores, entre outras despesas. A partir de agora cogitam-se outras soluções para esta rede cuja receita bruta beira os R$ 2 bilhões, tem valor de mercado da ordem de R$ 1 bilhão, estoques estimados em R$ 225 milhões e em setembro último possuía R$ 50 milhões em caixa. Em contra partida a conta com fornecedores estava em cerca de R$ 403 milhões. Empréstimos e financiamentos somavam R$ 806 milhões. (Valor/06-01-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.