A China compensou

A China segurou a queda das exportações brasileiras frente ao recuo das compras dos EUA e da UE. Permitiu que as exportações não caíssem 5,5%. Neste ano, no primeiro semestre, as importações chinesas cresceram 10,1% segundo a OCDE. A cada cinco dólares que entraram no Brasil um veio dos chineses. Há seis anos, porém, dos mesmos cinco dólares, apenas 30 centavos eram do país asiático. Os argentinos, também, por sua vez, incrementaram as exportações nacionais quando importaram 7,2% a mais que em 2012. (Valor – 31/07/2013)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.